Resenha: Paixão sem limites, Abbi Glines

Paixão Sem Limites
Título: Paixão sem limites #1
Série: Sem Limites
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 192
Classificação: 5/5 

Sinopse - Para maiores surpresas durante a leitura NÃO leia essa sinopse: Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.
Livro e Resenha com conteúdo adulto!

Heey gente! Tudo bem com vocês? Acabei de terminar a leitura de Paixão sem limites e tive de vir escrever essa resenha porque sinto que se não fizer isso agora, depois não irei conseguir expressar o quão tocada fiquei por esse livro.

Blaire acabou de vender sua casa após perder a mãe para um câncer. Durante anos viu a mãe desfalecer em decorrência dessa doença maligna e há poucos dias a viu fechar os olhos e ir encontrar a outra filha em outra dimensão. Finalmente a irmã deixaria de estar sozinha. Mas foi Blaire quem acabou ficando solitária.

Blaire teve de vender tudo para pagar os tratamentos da mãe e acaba de vender a própria casa. Ela não tem  mais ninguém nessa cidadezinha do Alabama. O pai sumiu 5 anos atrás depois da morte da irmã e nunca mais apareceu. Mas Blaire precisa de um teto, e quem sabe o pai a dê apoio, mesmo depois de tanto tempo.

Blaire vai então em busca do pai na Flórida. Ao chegar à cidade de Rosemary Blaire se depara com uma mansão imensa e luxuosa. É ali que ela deve encontrar o pai. No exato momento em que Blaire chega à casa uma festa está rolando por lá. Por sorte um rapaz a ajuda a se situar e a leva pra falar com o dono da casa, Rush. O cara é o maior gato, podre de rico, filho de um astro de rock e claro, da atual mulher do pai de Blaire, Rush é o irmão postiço dela.

Mas há um grande problema, o pai de Blaire viajou com a mãe de Rush para a França e irá demorar a voltar. E Rush não se mostra muito prestativo com a nova "irmã" e muito menos contente com sua presença. E agora? Blaire só tem 20 dólares no bolso, uma pistola embaixo do acento, um pouco de gasolina e pensava ter o pai, mas isso é algo a mais que ela acha que perdeu mais uma vez. Ele sabia que ela viria e ainda assim foi viajar, e agora a garota de 19 anos estava sem teto. Seria Rush assim tão orgulhoso a ponto de deixar a garota dormindo na picape? O que Blaire terá de enfrentar até que o pai volte à cidade? Como a garota se sente em um lugar que não conhece nada nem ninguém e mal tem dinheiro para uma refeição? Essas e muitas outras questões você só vai descobrir lendo!

*******

Genteeee! Fui viajar no sábado e resolvi ler Paixão sem limites já que não tinha nada pra fazer e as minhas atuais leituras estavam uma chatice. Comecei a ler e foi quase impossível parar! Meu irmão me atazanou pra sair da frente do computador pra ele poder usar, mas a história estava tão, mas tão boa que não consegui! Infelizmente chegou a hora de dormir porque não só de livros vive a Greice, e lá fui eu de mal humor deitar já que minha vontade mesmo era terminar de ler.

Sabe aquela sensação maravilhosa de começar a ler um livro sem saber absolutamente nada da história e ir se encantando logo de começo? Pois é, Paixão sem limites é assim. A história já começa maravilhosa e também emocionante porque a autora nos faz vivenciar o que é a perda de uma mãe. De início a mensagem não é tão explícita, Blaire se mostra sim extremamente abalada com a perda de sua fonte segura mas é com o decorrer da trama que vamos realmente sentindo no fundo da alma o que é perder aquela pessoa que te teve na barriga por nove meses e que muito raramente te abandona, aquela que está nos momentos tristes e felizes ao seu lado, te dando amor, afeto e apoio. Doeu no fundo da minha alma ler os trechos em que Blaire fala de sua mãe, e me debulhei em lágrimas, principalmente no fim do livro. Mas além do amor pela mãe e da dor pela perda da mesma Blaire sofre também com a perda da irmã.

Por ser um livro do estilo New Adult, com um romance arrebatador e claro que sempre tem um cliché jamais achei que fosse chorar. Só que me equivoquei em todos os aspectos com a leitura. O livro tem sim um romance arrebatador, de tirar o fôlego, só que não foi cliché. Apesar dos personagens apresentarem características já conhecidas nesse tipo de história a autora soube trabalhar muito bem pra que não caísse na mesmice. Rush é lindo, gostoso, másculo, pegador, que está sempre com uma diferente na cama, rico e orgulhoso. E Blaire é a garota virgem. Mas é aí que param os clichés porque só porque a menina é virgem não quer dizer que seja santa e não tenha pegada. Esse foi um dos fatores mais legais do livro. Blaire não é aquela garota indecisa, ela parte pro abate e dá um show. E Rush apesar de ser daquele jeito não é um bad boy irritante, apesar de tudo aos seus pés ele é gente boa.

Tenho medo de acabar falando demais e estragar as surpresas da leitura :/ Mas se você está se perguntando se o livro é só um livro de romance e que o bad boy vai pegar a virgenzinha, esqueça! Não é bem assim que as coisas acontecem. Durante diversos momentos Rush explica que tem um segredo que não pode de jeito nenhum contar à Blaire, ele diz isso à ela e impede qualquer um de contar à garota. Esse segredo é um empecilho gigantesco na história. E é só no final que vamos descobrir o que é, apesar de que acho possível chegar até ele antes. Eu não consegui, fui por outro caminho e errei. Eu chorei muito quando descobri o que era, mas foi porque a forma como os personagens reagiram foi emocionante, e eles realmente me passaram a sensação de estar na pele deles. Estou um pouco por fora desses new adults que estão sendo lançados recentemente mas não tenho dúvidas de que esse bate muitos dos que já li e com certeza muitos dos que ainda irei ler. 

Além de uma leitura prazerosa e viciante o livro traz uma mensagem muito bonita de amor incondicional e trata do tema família, que é algo extremamente importante, principalmente nesse mundo que estamos vivendo agora. Além disso o livro traz muito sexo, é um livro bem quente, portanto não façam que nem eu e sem querer deixem seu irmãozinho de 11 anos ler um trecho! A autora não abusa de palavrões nas senas de sexo e nem em qualquer outro momento, assim como também não se utiliza de palavras chulas; isso para mim é um ponto muito positivo porque detesto ler um monte de palavrões numa história.

Eu me apaixonei pelo Rush e até pela Blaire, ela com certeza é uma das melhores personagens femininas dos últimos tempos, principalmente dos livros de romance porque como já falei ela não é uma virgem ingênua e muito menos uma virgem pervertida, ela é o que ela é! É difícil explicar, mas Blaire foge ao comum das meninas frágeis que ficam choramingando por qualquer coisa, ela enfrentou situações extremamente difíceis e se manteve de pé.

O livro termina de uma forma maravilhosa e ao mesmo tempo catastrófica, eu o acabei chorando, muito. Mas para minha felicidade o livro faz parte de uma série, portanto tem continuação e a Editora Arqueiro para deixar os seus leitores ainda mais ansiosos pelo lançamento do próximo livro deixaram um trechinho do próximo volume no final do livro. Estou morta de curiosidade para saber o que vai rolar nessa continuação, e tenho certeza de que o assunto família vai ser ainda mais explorado, e digo que será de diversas formas diferentes. Será o amor capaz de superar a mágoa? Ou serão as necessidades das consequências as responsáveis por isso? Leiam, leiam, leiam!

 

6 comentários

  1. Uau,
    não conhecia o livro, mas
    já quero lê-lo agora :]

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste da Leitura Dayane!
      Beijos, Greice.

      Excluir
  2. Ai céus.. é tão bom assim? A Pah do Livros e Fuxicos fala tantooo desse livro que comprei por causa dela.. estava vendo ele na livraria ontem e não imaginava que fosse tão fininho, porque ainda não abri meu ebook. Não vejo a hora de acabar o que estou lendo para poder devorá-lo. Não creio que você chorou! Ai, se você chorou é bem provável que eu também vá me debulhar em lágrimas.. kkkk eu queroooo ler... Beijos e valeu pela ótima resenha amiga. Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito fininho mesmo né?! Essa foi uma das minhas reclamações rsrs Bom agora eu to respondendo seu comentário e sei que tu já lesse, que pena que não gostasse tanto assim, mas cada livro funciona de uma forma diferente pra cada um de nós não é?! Tomara que o segundo te agrade mais ;)
      Beijos amiga!

      Excluir
  3. Oi Greice! Tinha ficado bem curiosa com o livro depois de ler a sinopse e de ver alguns comentários por aí, mas não tinha parado para ler uma resenha ainda. E agora, como faço para conseguir o livro nesse exato momento?
    Ler livros sem ter a menor noção sobre o que eles são é sempre uma surpresa, acho que é por isso que eu costumo deixar os livros conhecido encalhados aqui em casa e ler os outros rs. Sem expectativas é bem mais difícil de se decepcionar.
    Estou com um monte desses new-adults aqui em casa, leio as sinopses e fico morrendo de vontade de ler, mas acabam sendo deixados de lado. Mas esse parece ser mais que um new-adult, né? Pelo jeito que você falou.
    Super curiosa com esse segredo do Rush, vou ver se consigo logo o livro para ler!

    Beijos,
    Adri Brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha Adri fico feliz em saber que minha resenha te deixou curiosa, eu amei o livro mas vou te dizer, começa a ler sem expectativas porque senão talvez você se decepcione. Tem tantos assim é? Eu gosto do gênero mas quando vou comprar na maioria das vezes eu acabo comprando fantasias. Pra mim o livro funcionou muito bem e eu achei um new-adult diferente dos outros sim :)
      Tomara que consiga e espero que goste bastante :D
      Beijos, Greice.

      Excluir

Olá, sua opinião é muito importante e muito bem vinda.
Todos os comentários são respondidos nessa mesma página.
Encontrou algum erro no blog? Avise e nos ajude a melhorá-lo.
Obrigada pela visita e volte sempre!